A Santos Port Authority (SPA) informa à comunidade portuária de Santos que o atendimento feito no prédio Engenheiro José Armando Pereira, conhecido como Dirop (no bairro do Paquetá), será transferido, a partir do dia 25 de novembro, para o edifício situado na Avenida Dr. Esmeraldo Soares Tarquínio de Campos Filho, nº 32, no bairro do Macuco, em Santos (na foto).  No local ocorrem, atualmente, as reuniões de atracação e Requisições de Serviços e Materiais (RSM) pelos usuários do Porto de Santos. A medida visa, principalmente, facilitar o acesso aos serviços disponibilizados e melhorar sua sinergia.

A SPA colocará em prática um plano de transição, entre os dias 25 e 27 de novembro, visando facilitar o atendimento durante a mudança para o novo local, conforme quadro abaixo.

Histórico – A construção do edifício da Dirop, que abrigava a Diretoria de Operações da Companhia Docas de Santos (CDS), conhecido como sede do Controle de Tráfego, foi iniciada em 1910 pelos próprios empregados e engenheiros da CDS.

Pouca gente ouviu falar da história desse belo edifício, que foi uma das primeiras realizações da Companhia, ainda iniciando suas atividades no Porto de Santos. Sua construção durou por quase 3 anos e realizou antiga aspiração dos diretores Eduardo Palassin Guinle e Cândido Gaffrée, com sua entrega ao uso no dia 25 de maio de 1913. Suas instalações foram palco de muitas decisões importantes e o edifício era conhecido pelos portuários como “o coração do Porto”, pois ali ocorria o planejamento das operações portuárias. O local sofreu grandes transformações ao longo dos anos, mas a história registra os bons tempos da Praça Cândido Gaffrée, quando ao invés dos pesados caminhões de carga que hoje transitam no local, trafegavam carroças puxadas por bois ou cavalos.

Termo de privacidade