Portal do Governo Brasileiro
  • Login/E-mail
  • Senha
Terça-feira, 30 de setembro de 2014 - Fuso horário: GMT -3
Serviços > Imprensa
IMPRENSA
Clipping da Assessoria de Comunicação Social
Agentes apreendem 54 kg de cocaína
21/05/2009
A Tribuna - Porto e Mar - C6
Da Redação LYNE SANTOS A Alfândega de Santos e a Polícia Federal (PF) anunciaram ontem a apreensão de 54 quilos de cocaína no Porto de Santos. A droga foi encontrada escondida entre 10 toneladas de pisos de cerâmica em um contêiner, em um dos terminais do Grupo Libra. O carregamento seguiria para a Nigéria. Essa foi a maior interceptação da droga nos últimos dois anos no complexo marítimo. A cocaína foi encaminhada para a PF, que já instaurou um inquérito penal para investigar as pessoas envolvidas no crime. De acordo com o inspetor-chefe da Alfândega de Santos, José Guilherme Antunes de Vasconcelos, a apreensão ocorreu após a equipe de inteligência da Receita Federal ­ que monitora as exportações pelo complexo marítimo santista ­ detectar indícios de que a carga tinha um potencial muito grande de ter algum tipo de ilícito. "O tipo da mercadoria transportada, o destino final, a relação entre o valor e o peso e a rota que seria utilizada. Com estas informações e outros dados que a nossa parceria com a Polícia Federal permite que alcancemos, foi possível chegar a uma conclusão que levou à apreensão", disse Vasconcelos. O tipo de carga e o destino do contêiner foram, nesse caso, os principais itens que levaram à suspeita de irregularidades no processo de exportação do contêiner. Isso porque, segundo o inspetor, essa não foi a primeira vez que a Aduana interceptou drogas junto a esse material. Ele lembrou que, no início da década, foi encontrada cocaína em meio a pisos de mármore. Já o chefe da Delegacia de Polícia Marítima de Santos (Depom), Luís Carlos de Oliveira, afirmou que quadrilhas que atuam na Nigéria recebem sua cocaína através, principalmente, de aeroportos. Para ele, a utilização do Porto de Santos por esses grupos é uma novidade. "Quando há um nigeriano embarcando, principalmente em aeroportos, há uma atenção redobrada até pelo histórico desse país em relação ao transporte da droga. Centenas de nigerianos já foram presos no Brasil. Mas ainda não tínhamos conhecimento disso no Porto". A implantação do Siscomex Carga, em março do ano passado, também foi considerada relevante pelos dirigentes para a apreensão de mercadorias irregulares que são movimentadas pelo Porto de Santos. O sistema agiliza os trâmites alfandegários, fornecendo informações mais aprofundadas a respeito de cargas e navios, antes mesmo de chegarem ao País. "O Siscomex é uma ferramenta fantástica, pois permite acesso exatamente ao conteúdo do contêiner. Ele é de extrema utilidade nesse sentido de identificar se o que está declarado bate com o que está no interior do contêiner". A parceria entre a Aduana e a Polícia Federal também foi ressaltada pelo inspetor. Ele explicou que seus agentes têm realizado diversos treinamentos com a PF, permitindo a troca de informações entre as entidades. Leia também:
Banco de Imagens
Porto KIDS
Companhia Docas do Estado de São Paulo - CODESP - Avenida Rodrigues Alves, s/nº - Macuco - Santos,
São Paulo, Brasil - CEP 11015-900
Fone: (13) 3202-6565 - Fax [clique aqui]