Recursos Humanos

Página Inicial > Institucional > Recursos Humanos

Recursos Humanos

Recursos Humanos – Codesp

A Codesp prioriza o desenvolvimento de seus recursos humanos, atuando na gestão de carreira e na capacitação de seus profissionais.
O setor de Carreira cuida do desenvolvimento de planos e programas para alinhar a força de trabalho aos objetivos estratégicos da empresa, bem como coordenar o dimensionamento do quadro de pessoal sob os aspectos de quantidade e qualificação por área. Esse setor também estabelece e monitora os programas de desenvolvimento de liderança, associando competências e desempenho, seleção de talentos e aprendizagem.

Diretrizes claras indicando os procedimentos que orientam a atuação dos gestores no que se refere às responsabilidades e práticas da gestão de recursos humanos, de forma a tornar a empresa mais competitiva e apta a cumprir seus objetivos institucionais, sempre focada nas metas de Gestão Estratégica, quanto ao Negócio, à Missão, à Visão e ao Valor, estão acessí­veis a todos os colaboradores.

A Companhia conta, também, com um Plano de Empregos, Carreira e Salários (Pecs), que proporciona o ajuste da carreira dos seus profissionais, visando promover sua valorização e qualificação funcional.

Para integrar o quadro de colaboradores da Codesp é necessário submeter-se a concurso público. O quadro oferece oportunidades de trabalho em diversas carreiras, como engenheiro (civil, eletricista, ambiental, mecânico, produção, segurança do trabalho), médico do trabalho, jornalista, publicitário, administrador, contador, economista, biólogo, advogado, assistente social, psicólogo, profissionais na área de tecnologia da informação, arquiteto, técnico ambiental, assistente administrativo, entre outros.

Estágio

A Codesp, visando a integração Empresa-Escola, mantém um Programa de Estágios, promovendo e sistematizando esforços para que possam ser desenvolvidas ações, de caráter técnico, cultural, educacional e cientí­fico, com a finalidade de propiciar condições de aproximação, convivência e de entrosamento entre os segmentos. A jornada de estágio é de, no máximo, 40 horas semanais, em compatibilidade com as atividades escolares do estagiário.

Jovens Aprendizes

A Codesp oferece oportunidade, também, para jovens aprendizes, que dão seus primeiros passos no mercado de trabalho, por meio de convênio com o Centro de Aprendizagem e Mobilização Profissional e Social (Camps).

Essa oportunidade permite que os jovens ganhem experiência em atividades laborais, aprendam a se comportar numa empresa, a respeitar a hierarquia e se preparar para o primeiro emprego.

Recursos Humanos – Porto de Santos

As atividades no Porto de Santos envolvem em torno de 30 mil trabalhadores diretos, que incluem portuários do quadro da Codesp, dos terminais portuários, avulsos (TPA) vinculados ao Ogmo, pessoal ligado à Praticagem, à Capitania dos Portos, à Anvisa, à Vigiagro, à Antaq, à Alfândega, aos órgãos ambientais, à Polí­cia Federal, aos agentes marí­timos, aos despachantes aduaneiros, aos operadores portuários, ferroviários, marí­timos, entre outros.

Trabalhadores portuários avulsos (TPA)

São administrados, capacitados, habilitados e fornecidos aos terminais portuários pelo Ogmo, visando a excelência na realização das operações portuárias.

As ofertas de trabalho acontecem, diariamente, momento no qual os TPA conhecem e se engajam nas funções requisitadas pelos operadores portuários através de sistema eletrônico disponibilizado via Internet.

Os Trabalhadores Portuários Avulsos executam a movimentação de mercadorias provenientes ou destinadas do transporte aquaviário dentro da área do Porto Organizado e prestam serviços de capatazia, estiva, conferência de carga, conserto de carga, bloco e vigilância de embarcações.

A movimentação de cargas ( embarque ou desembarque), sua arrumação, transbordo, peação e despeação, realizadas nos porões e/ou conveses das embarcações, são feitas pelos estivadores. Já a movimentação de cargas realizadas no costado do navio na faixa do cais, nos armazéns e nas instalações portuárias é feita pelos trabalhadores da capatazia.

Trabalhador marí­timo

Responde pela execução, a bordo, dos serviços necessários à navegação e à manutenção das embarcações. Tem ví­nculo empregatí­cio com o armador da embarcação. Diferentemente dos demais trabalhadores, o marí­timo trabalha e reside na própria embarcação.