Porto de Santos

AUTORIDADE PORTUÁRIA | CODESP - Companhia Docas do Estado de São Paulo - Santos

Facebook Twitter Youtube
RELATÓRIOS DE DESEMPENHO
Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018 - Fuso horário: GMT -3
Serviços > Imprensa
IMPRENSA
Press-release da Assessoria de Comunicação Social
Porto de Santos bate recorde anual com um mês de antecedência
27/12/2017
Destaque para movimentação de contêineres, cerca de 34% do total

O Porto de Santos bateu já em novembro o recorde anual de movimentação de cargas, ultrapassando o resultado total obtido em 2015. Foram 119,96 milhões de toneladas que passaram pelo cais santista em 2017, contra 119,93 milhões do recorde anterior, de acordo com números levantados pela Gerência de Estatísticas da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

Embora a movimentação continue sendo alavancada pelo agronegócio, destaca-se a movimentação de contêineres, que representa 34% do total, o que aponta para a diversificação de cargas que passam pelo Porto de Santos.

O resultado amplamente positivo é beneficiado pela retomada do crescimento do país:  "Nós sempre fomos otimistas, buscando fazer o que precisa ser feito com coragem e determinação", destaca o presidente da Codesp, José Alex Oliva. Ele lembra que a diversidade de operações permitiu ao Porto de Santos ampliar a participação no comércio exterior brasileiro mesmo no período de recessão econômica.

O mês de novembro/2017 também é recorde absoluto, com o maior crescimento mensal registrado entre um ano e outro: foram 40,6% de acréscimo em relação a novembro de 2016. Os crescimentos foram expressivos tanto na exportação (49,1%) quanto na importação (25,2%).

Movimento acumulado do ano

Faltando um mês para terminar 2017, o Porto de Santos registrou movimento de 119,95 milhões de toneladas. As exportações ultrapassaram 86,81 milhões de toneladas, aumento de 14% sobre 2016 (quando o registro foi de 76,15 milhões t). O resultado das exportações também é recorde para o período. O complexo soja, com um crescimento de 13,6%, foi o item mais exportado, com 21,04 milhões de toneladas, seguido de açúcar (19,63 milhões t, crescimento de 4,1% em relação ao acumulado em 2016, quando a marca foi de 18,85 milhões de toneladas). O milho foi o 3º produto mais embarcado, com 12,69 milhões de toneladas.

As importações no período foram de 33,14 milhões de toneladas, crescimento de 13,2% em relação a 2016. O produto com maior movimentação no período foi o adubo, com 3,70 milhões de toneladas e crescimento de 21,2% no período. Este resultado confere ao adubo o status de 4º carga mais movimentada em geral no Porto de Santos (atrás apenas da soja, do açúcar e do milho). Em 2º nas importações ficou o óleo diesel, com 2,43 milhões de toneladas, crescimento de 43,9% em relação ao acumulado de 2016.

Movimentação mensal

 Em novembro, foi batido o recorde para o mês, com a movimentação de mais de 10,9 milhões de toneladas. Na exportação, o mês registrou 7,44 milhões de toneladas, crescimento de 49,1% em relação a novembro/2016, quando tinha sido registrado 4,99 milhões de toneladas. Nas importações, o crescimento foi de 25,2% sobre o mesmo mês de 2016 (3,45 milhões de toneladas em novembro/2017, ante 2,76 milhões de toneladas no ano passado).

O produto com  maior movimentação em novembro foi o milho, com 2,05 milhões de toneladas embarcadas no mês. O crescimento no mês foi de 385,6% em relação a novembro/2016 (quando o registro foi de 423,9 mil t).

O açúcar registrou aumento de 10,3% em relação a novembro/2016, mantendo-se como a 2ª carga mais movimentada do Porto de Santos. Na comparação entre os meses, novembro/2017 marcou 1,83 milhão de toneladas, enquanto o mesmo mês de 2016 registrou 1,67 milhões.

A 3ª carga de maior movimento no mês foi o adubo. São 466,9 mil toneladas desembarcadas em novembro/2017, crescimento de 25,6% em relação a novembro do ano passado.

Contêineres e atracações

A movimentação de contêineres no Porto de Santos continua em recuperação. O resultado de novembro/2017 é o melhor para o mês em toda a série histórica: foram movimentados 348.138 teu (unidade padrão para contêineres, equivalente a um contêiner de 20 pés), 15,9% acima do movimentado em novembro/2016, quando o número foi 300.396  teu. No acumulado do ano, o crescimento é de 8% em relação a 2016. Foram 3.524.785 teu movimentados, contra 3.263.136 teu  em 2016. É o melhor resultado do Porto de Santos para o período.

Com os volumes em crescimento, o número de atracações no ano aumentou, apesar da maior capacidade dos navios que passam pelo Porto de Santos. No mês de novembro, houve acréscimo de 13,3% em relação a 2016, com 401 atracações (354 atracações no mesmo mês do ano passado). O total registrou aumento de 2,6%, com total de 4.444 atracações de janeiro a novembro (4.332 atracações no mesmo período em 2016).

Balança comercial

O Porto de Santos alcançou em novembro/2017 a marca de 28,2% de participação na balança comercial brasileira. De acordo com os dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o Porto de Santos comercializou US$ 95,4 bilhões no ano de 2017. O total nacional foi de US$ 338,3 bilhões no período.

Exportações

Nas exportações, o valor das transações comerciais internacionais pelo Porto de Santos foi de US$ 54,6 bilhões no acumulado do ano. Isso representou 27,3% de participação no total do país, que foi de US$ 200,2 bilhões no período. Os dez principais parceiros comerciais do Brasil nas exportações através de Santos são: China, com a participação de 14,5% no período, cerca de US$ 7,93 bilhões; Estados Unidos (10,3%, por volta de US$ 5,64 bilhões); Argentina (6,8%, aproximadamente US$ 3,74 bilhões); Holanda (3,1%), Alemanha (2,6%); México (2,5%); Tailândia (2,2%), Arábia Saudita (2,1%), Bangladesh (2,1%) e Irã (2,1%).

Em valores comerciais, a principal carga exportada pelo Porto de Santos no período de janeiro a novembro de 2017 é o açúcar, com valores de US$ 6,45 bilhões, 11,8% de participação no total do Porto. Neste período, Bangladesh foi o maior comprador, seguido de Índia e Argélia. O açúcar seguiu ainda para outros 63 países.

A soja, com US$ 6,22 bilhões, correspondente a 11% do total. Em seguida, como principais importadores do produto, estão a Tailândia e Taiwan. Outros dez países também receberam a commodity embarcada em Santos.

O 3º produto de maior valor comercial na exportação foi o café em grãos, com 10,3% (US$ 5,62 bilhões), exportado principalmente para Estados Unidos, Alemanha e Itália. Outros 77 países também recebem o café embarcado no Porto de Santos.

A carne bovina foi a 4ª mercadoria de maior valor comercial de 2017, com participação de 6,5%,  equivalente a US$ 3,56 bilhão. China, Hong Kong, Irã e mais 75 países foram os compradores.

Importações

Nas importações, o resultado do Porto de Santos entre janeiro e novembro de 2017 foi de US$ 40,8 bilhões, correspondente a 29,5% do total brasileiro no período, que foi de US$ 138,1 bilhões. A participação da China é de US$ 8,09 bilhões (19,8% no total do porto). Em segundo, Estados Unidos, com US$ 5,08 bilhões e participação de 14,4%. Completam os dez maiores parceiros comerciais na importação: Alemanha (8,4% - US$ 3,43 bilhão), Japão (4%), Coréia do Sul (3,9%), França (3,5%), Índia (2,6%), Itália (2,5%), México (2,5%) e Espanha (1,9%).

Nas importações, as cargas de maior valor comercial desembarcadas até em Santos foram óleo diesel (US$ 1,29 bilhões), importado dos Estados Unidos, Suíça, Portugal e outros dez países; caixas de marchas (US$ 770,71 milhões), importadas do Japão, Coréia do Sul, Indonésia e outros 20 países; em 3º, inseticidas, vindas principalmente dos Estados Unidos, Cingapura e Índia.



Site do Governo
Banco de Imagens
Diretoria da Codesp reune-se com operadores de Terminal Pesqueiro de Laguna
Diretoria da Codesp visita Terminal Pesqueiro de Laguna
Embarcação da dragagem de manutenção do canal
Embarcação da dragagem de manutenção do canal
Porto KIDS
Porto KIDS

Companhia Docas do Estado de São Paulo - CODESP - Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, s/nº - Macuco - Santos,
São Paulo, Brasil - CEP 11015-900
Fone: (13) 3202-6565 - Fax [clique aqui]