Guarda portuária

Guarda portuária

A Guarda Portuária, vinculada à Codesp, responde pela segurança e vigilância patrimonial e sua atuação se estende para o atendimento às ações de segurança pública portuária, controle de acesso – pessoas, veículos e carga, trânsito interno, prevenção e repressão a ilí­citos.

A corporação conta com um efetivo operacional de 400 integrantes, distribuídos em duas gerências. A de Inteligência e Segurança responde pelo monitoramento e controle de acessos (ISPS Code) e pela captação de informações e dados para previsão e planejamento de ações, enquanto a de Operação de Segurança cuida da logí­stica das atividades, envolvendo equipamentos, armas, munição, viaturas e trânsito de veículos na área do Porto Organizado.

O controle de acesso é realizado por meio de 37 portões (gates) distribuídos ao longo dos cais do Porto, além de 16 outros pontos de vigilância fora das chamadas áreas restritas.

A tecnologia aplicada no sistema de monitoramento e controle de acesso de pessoas e veículos às áreas alfandegadas do Porto de Santos, associada à mão de obra especializada da Guarda Portuária, garante total segurança para as instalações e operações portuárias. A Corporação executa as atividades de inteligência, de controle de informações e de dados, bem como a troca de informações com os demais órgãos de segurança nas esferas Federal, Estadual e Municipal, buscando a manutenção do maior ní­vel de eficiência da segurança portuária.

Os equipamentos, com alto grau de sofisticação, foram instalados em 24 portões de acesso e incluem câmeras espalhadas ao longo do porto que permitem o monitoramento das instalações a partir de um Centro de Controle de Operações (CCO).
Além da atuação na área do Porto, em diversas ocasiões a Guarda Portuária presta apoio à Polí­cia Federal, disponibilizando, inclusive, cães treinados, em canil próprio, na busca de entorpecentes e na perseguição de suspeitos de atos ilí­citos, atuando, também, durante a temporada de cruzeiros marí­timos. Além disso, presta apoio na região, com destaque para as ocorrências de emergência, principalmente, em casos de incêndio, com ação da Brigada de Incêndio da Corporação, que conta com dois veículos auto bomba e pessoal especializado.

A preparação do contingente de guardas portuários teve recentemente aprovado um programa de cursos de formação, aperfeiçoamento e capacitação especí­fica e continuada que abrange treinamentos sobre procedimentos operacionais, segurança pública portuária, técnicas táticas e policiais, entre outros. Recentemente, a corporação teve reciclado grupo de brigadistas e agentes de trânsito.