Razão social passa a ser Autoridade Portuária de Santos; SPA permanece como nome fantasia

A Santos Port Authority (SPA) adota a nova denominação social de Autoridade Portuária de Santos S.A., em substituição a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp). A oficialização ocorreu com a alteração no Estatuto Social, por meio de deliberação dos acionistas em Assembleia Geral Extraordinária realizada no último dia 19 de fevereiro.

A alteração proposta pela diretoria executiva da SPA é parte de um conjunto de ações de reposicionamento da empresa, agora fortemente embasada em ética, transparência, governança e comprometimento com o negócio, nova realidade da gestão da Companhia. Outro ponto também considerado é que o nome Codesp, apesar de bastante consolidado na região, comunica pouco fora da Baixada Santista.

O presidente da SPA, Casemiro Tércio Carvalho, explica que a mudança é mais uma ação de resgate do autêntico papel de uma autoridade portuária. “A iniciativa é parte de um abrangente processo de reposicionamento estratégico da empresa”, conclui o presidente.

A denominação Autoridade Portuária de Santos, agora aprovada, se destina exclusivamente a documentos oficiais. O nome fantasia Santos Port Authority, registrado e lançado em outubro de 2019, se aplica aos demais usos, pois se alinha ao padrão mundial de comunicação observado nos grandes portos, prática comumente utilizada mesmo em países de língua não inglesa, como Port of Rotterdam, na Holanda, e Port of Antwerp, na Bélgica.

Na ocasião, a SPA também lançou uma nova logomarca, que a um só tempo preserva a tradição (simbolizada no nome Santos e na manutenção da grafia anterior) e incorpora a renovação, refletida na introdução da cor verde e do termo inglês Port Authority.

Termo de privacidade